Daimler Trucks investe 500 milhões na automatização

Esta automatização caracteriza-se como uma viagem autónoma entre zonas definidas e entre hubs sem intervenção de um condutor. Em veículos industriais, o nível 4 é o passo natural depois do nível 2, aumentando a eficiência e produtividade para os clientes, reduzindo os custos por quilómetro. Nesse sentido, a Daimler Trucks salta o passo intermédio (nível 3: condução automatizada condicionada).

Por agora, o novo Freightliner Cascadia dispõe do nível 2 de automatização, tornando-se o primeiro camião parcialmente autónomo fabricado em série na América do Norte.

Martin Daum, membro do Board of Management da Daimler Trucks, responsável da Daimler Trucks & Bus, explica que “como líderes da nossa industria, fomos pioneiros na condução autónoma. Em 2015, o nosso modelo Freightliner Inspiration Truck conseguiu a primeira licença para estrada para um veículo comercial. Agora levamos a automatização para o nível seguinte. Estamos preparados para lançar o primeiro Freightliner Cascadia parcialmente autónomo em 2019. Estes veículos semiautónomos melhoraram a segurança, aumentará a rentabilidade da logística e oferecerão um grande valor acrescentado aos nossos clientes”.

Condução Autónoma Camiões Transporte Logística