IVECO felicita a isenção de portagens para Veículos a Gás na Alemanha

O Parlamento Federal Alemão aprovou a resolução para isentar veículos alternativos a Gás Natural, acima de 7,5 toneladas, da taxa de poluição das portagens nas auto-estradas, a partir de 1 de Janeiro de 2019 e por um período inicial de 2 anos. Isto significa que as frotas a gás natural irão gozar dos mesmos benefícios dos veículos eléctricos, e que apenas terão de pagar portagens relativas aos custos das infra-estruturas e as taxas de ruídos incluídas nas portagens. Esta isenção, juntamente com os subsídios para a aquisição de veículos a gás natural anunciada em Julho (12.000€ para os veículos a GNL e 8.000€ para veículos a GNC), aumenta as vantagens financeiras destes camiões sustentáveis para os operadores logísticos alemães, com uma poupança entre 9,3 a 18,7 cêntimos por quilómetro, dependendo da classe do peso.

Pierre Lahutte, Presidente da Marca IVECO, comentou: “Menos de um mês depois de a IVECO ter feito história no Salão de Veículos Comerciais de Hanôver de 2018, com o seu stand dedicado a zero emissões diesel, e a demonstração da sua capacidade de oferecer propulsões alternativas Eléctricas, a GNC e a GNL, o Parlamento Alemão aprovou a isenção do pagamento de portagens para camiões a GNC e a GNL. É também um complemento dos subsídios já anunciados em Junho para apoio à aquisição destes veículos. A Alemanha está num ponto estratégico da logística em termos europeus, portanto estas importantes decisões tomadas pelas autoridades germânicas irão acelerar drasticamente a penetração de propulsores alternativos a gás natural em todo o continente. O impacto será enorme. E agora estamos em Bolzano para a inauguração de um novo posto de abastecimento de GNL na rota de Brennero, que liga Itália, Áustria e Alemanha, onde vamos entregar à FERCAM, uma das maiores empresas de logística a operar em Itália e na Alemanha, o seu primeiro camião a GNL!”

Estes veículos oferecem todas as vantagens ambientais do gás natural, o combustível fóssil mais limpo.

A IVECO saúda esta resolução, que vem confirmar a sua já longa estratégia face aos transportes sustentáveis, que define o gás natural como uma tecnologia amadurecida. Em resultado dos mais de 20 anos de experiência no desenvolvimento e apoio a veículos movidos a gás natural, a IVECO lidera hoje o caminho, com uma oferta completa de veículos a GNC e GNL, desde o comercial ligeiro Daily NP, até ao primeiro camião de longo curso, o Stralis NP, o qual oferece as melhores vantagens em desempenho e conforto, juntamente com as vantagens económicas e ambientais do gás natural, com até 1.600 km de autonomia: a solução perfeita para poder beneficiar de todas as vantagens dos novos subsídios e isenções.

A gama compreende camiões a GNL e GNC capazes de satisfazer os requisitos específicos de particamente todo os sectores: do Stralis NP, ideal para transitários e missões em todo o tipo de distâncias, ao Eurocargo NP de 206 cv para missões urbanas e interurbanas, passando pelas opções de potência disponíveis para o Stralis NP (330 cv, 400 cv e 460 cv) para transporte de longo curso.

Estes veículos oferecem todas as vantagens ambientais do gás natural, o combustível fóssil mais limpo. Face aos modelos equivalentes a gasóleo, geram menos 90% de NO2 e menos 99% de partículas; no caso do biometano, a redução de CO2 atinge 95%.

Além disso, o gás natural torna possível uma transição harmoniosa para uma economia circular baseada na produção de energia a partir de resíduos orgânicos ou agrícolas, que consegue mesmo alcançar emissões negativas de Gases com Efeito de Estufa e permitir a fixação do carbono, pois assenta no ciclo natural carbono/orgânico. Na realidade, o biometano feito a partir de estrume líquido pode proporcionar reduções de até 182% no CO2, em comparação com um combustível convencional.

Os veículos a gás natural têm também a vantagem de serem extremamente silenciosos no funcionamento. Baseando-se no ciclo Otto, a tecnologia Natural Power da IVECO alcança níveis de ruído inferiores aos de um motor diesel equivalente, propiciando aos operadores logísticos uma vantagem competitiva nos serviços de entregas urbanas e nocturnas.

Veículos a gás natural Camiões Transporte Logística